Olhar o CÉU tanto pode ser divertido e reconfortante como preocupante …

Olhar o CÉU ainda é grátis mas andamos todos a pagar a sua utilização ( se lhe chamarmos atmosfera ); pode ser divertido se ainda somos capazes de ver nas núvens formas de animais e rostos humanos, o que não é possível se no CÉU só vemos riscos monótonos e de aspecto sujo e maníaco; um pôr do sol rico em cores quentes é reconfortante, mas se o horizonte estiver escondido por traços rectilínios, a sua imagem só pode causar estranheza e desilusão.

Alguém anda a estragar o CÉU e para memória futura ficam as suas fotografias quando ele deixa de ser CÉU e é o local de actividades que lhe retiram a beleza e a pureza.